!NSPIRAÇÃO:DEZEMBRO


E sem dar conta chegamos ao último mês de um dos melhores anos da minha vida. 2017 chega ao fim com tudo a alinhar-se para mim. Viagens, roupas, arte, desafios maiores, conquistas especiais, livros novos e um publicado. Novos sabores, algumas concretizações, e a sensação de que tudo que tinha que ser vivido foi mais que vivido, foi super vivido. Em Dezembro dão-se os últimos retoques em planos que se começaram a preparar no início do ano. As gruas de dúvidas desfazem-se em realizações palpáveis, e o que parecia estranho torna-se instantaneamente mais familiar e presente. A realidade é isso ir subindo em círculos sem nunca esquecer o que fomos e o que ambicionamos ser. Exigir mais e melhor ininterruptamente.

WOW!


Nunca fui de ir a onde os outros vão, nem de usar a mesma fragrância que os rapazes da minha idade costumam usar. À medida que fui crescendo aprendi a aprimorar cada vez mais os meus gostos, as minhas escolhas. Passou sensivelmente um ano, desde que adquiri o meu último perfume, eu bem que adoraria ser fiel apenas a um odor seguindo o exemplo da minha mãe, mas tal como vou evoluindo em termos de estilo, também acredito que em termos de odor, essa evolução deva ocorrer, embora sempre tenha alguns preferidos. WOW! lançada este ano, é uma fragrância aromática amadeirada, cujas notas de topo são bergamota, cardamomo e folha de violeta; as notas de corpo são gerânio, bálsamo de abeto e vetiver; já as notas finais são cumaru, baunilha e caxemira. Numa requintada embalagem que relembra uma garrafa de whiskey, não deixa de ser uma fragrância agradável para todas as idades, apesar de parecer à primeira vista, destinada a um público mais maduro. É doce e quente, uma espécie de noite de inverno exótica, embora também seja facilmente usável durante o dia. Uma ótima forma de celebrar o 8º aniversário do the STYLE poet, esguichar para o ar algumas gotas deste perfume !nusitado.

TEXTURES


Esta estação tem tudo o que o Outono tem de bom, texturas agradáveis ao toque, peles e materiais nobres como a caxemira em acessórios, numa mistura surreal entre o verdadeiro e o falso, os tons terra que acentuam ainda mais essa sensação de conforto e claro knitwear majestoso e absolutamente caseiro, que dá até a impressão, que saímos à rua com roupa de casa, de tão suaves e acolhedoras serem as peças.




Cardigan BERSHKA Chapéu CHEAP MONDAY Cinto MANGO Luvas ERDEM X H&M

!NSPIRAÇÃO:NOVEMBRO


Com 25 anos de idade, já não tens grandes motivos para confrontos existenciais, para todavia não teres traçado o teu percurso. Já és definitivamente o maior responsável pelas tuas atitudes, pelos teus desleixos, pelas tuas escolhas. A partir de agora sentes que vais começar a ser ainda mais exigente, isolado, obstinado, intransigente, e perfeitamente coeso no teu modo de pensar e analisar o mundo. Mas há que saber aproveitar cada idade, com tudo que ela aporta de bom e menos bom. Podias estar a pensar em estabilizar, em abraçar um novo projecto, ou apenas andar à deriva, de viagem em viagem, colecionando estilhaços fragmentários de uma existência a tracejado. E depois pensas, visitaste alguns dos melhores museus da europa, e de que te serve? Não escreves para uma revista de arte, nem a tua formação foi nesse âmbito. Tudo é uma ilusão, as palavras escapam ilesas à tua perversão. E delas não sabes extrair nenhuma mais valia. Apenas aprendes a sobreviver a essa realidade que quase te asfixia.