PRADARIA

Ontem, entrei na Fashion Clinic, na secção masculina apenas deslumbrei camisolas lisas, Prada e Givenchy excessivamente caras. Mas mesmo assim, o grafismo, os artistas que estão por trás de todo o processo criativo de "animar" e de alguma forma criar um mundo de fantasia ao redor das colecções da Prada, como o concurso Manga, para promover a colecção de óculos de sol "Swing", ou vídeos para promover os perfumes, são esses artistas, que transformam a marca em algo fora do comum, fazem-me acreditar nas ideias pragmáticas de Miuccia que continua a aliar deliciosamente a arte à moda, para gerar um maior impacto a todos os níveis. As bandas sonoras dos desfiles outra das coisas que venero na Prada, claro está, que se devem em grande parte ao mérito do produtor Frederic Sanchez, mas aposto que a Miuccia também deve meter o dedinho nessa parte mais ligada ao show, propriamente dito. E é por tudo isso que anseio ver "ao vivo", em directo o próximo desfile da Prada, mas ainda não foi revelado se vai ser ou não transmitido online. Os primeiros desfiles da semana da Moda de Milão, no dia 15, Dolce & Gabbana, Burberry Prorsum, entre outros, não poderei assistir, devido a festa de família nesse mesmo dia. Mas o da Prada não tenciono perder por nada...


3 comentários:

  1. Nem eu o da Prada!
    Adoro o post :)


    xoxo* bem graveeee (como digo eu!)

    ResponderEliminar
  2. A Prada é uma inspiração, por todos os motivos que referiste!

    http://myfashioninsider.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Também adoro o facto da Prada ter uma direcção artística muito forte e experimental. Também não quero perder o desfile, por nada! :)

    ResponderEliminar