PLAST!CMAG #5



A tónica desta edição vai para os limites da arte, ou por assim dizer os limites que o homem impôs (e têm vindo a impor) à arte. A linha ténue que separa, a opulência, da decadência, os clássicos antagonismos entre o bem e o mal, e aquilo que fazemos em vão numa tentativa frustrada de alcançar a perfeição. Os estereótipos que pautam os conceitos de beleza, de moda, do que é In e do que é Out, um convite, para uma despretensiosa reflexão...

6 comentários:

  1. 1 palavra: AMEI

    Parabéns à Marta e a ti claro!
    Continua ;)

    Cs1993

    ResponderEliminar
  2. E com o que escreveste, eu já estou a reflectir :-)

    ResponderEliminar
  3. Foi assim que fui conquistada pelo blog... com a tua mag.. com a irreverência e diferença!!


    love it!

    ResponderEliminar
  4. Continua meu caro João e o poeta que continue perdido!

    xoxox
    Dani

    http://a-recessionista.blogspot.com
    http://ficheiros-m.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Olha, AMEI, está fantástico! Se gostei das fotos, gostei também do que disseste! <3

    http://myfashioninsider.blogspot.com/

    ResponderEliminar