PRADA IS EVERYWHERE

UNDER A WOMEN'S SKIRT AND INSIDE A MEN'S PANTS! 
Por momentos senti que seria o único em frente ao número 36 da Via Fogazzaro, que não estava a usar Prada (apesar de estar com um look nitidamente inspirado no verão 2012 da marca italiana, ainda não me pude dar a esse luxo). Foi uma das mais intensas e inspiradoras coberturas que fiz, comprovando uma vez mais aquilo que já tinha referido em relação ao número de clientes orientais que consomem estas marcas europeias de luxo, e a forma tão peculiar como eles próprios conjugam as peças de vestuário atesta a sua individualidade, que nunca se poderia transmutar ou adaptar ao estilo de um cliente ocidental, sem que raspasse o ridículo e daí ter evocado as personagens anime/manga que davam um toque irónico a todo o recinto altamente vigiado e recôndito onde sempre ocorrem e por certo continuarão a ocorrer os desfiles da Prada.

O recinto do desfile, um jardim das proximidades (muito restrito, diga-se de passagem) a chegada de alguns fashionistas e do senhor Tim Blanks.

1 comentário: