SEJA O QUE O CONCEITO QUI-SER


Estive reticente entre um entulho de trabalho e outro de maiores proporções talvez perto da Fundação EDP no seguimento de uma exposição que se prolongava no exterior. Ready made translations, pareceu-me tremendamente sugestivo na medida em que tenho um trabalho de tradução em vias de desenvolvimento, e as minhas aulas têm tido grande enfoque nessa temática. Não querendo tornar isto num texto deprimente. Juntei as letras RAF e obtive uma SUPER VISÃO do que viria a ser o funeral do tie-dye, ou se preferirmos o acasalamento das figuras geométricas Mondrianas com as instalações pro-americanas do artista Sterling Ruby.
Citando um comentário no Now Fashion que parcialmente subscrevo "looking just great - in fact raf made his much younger colleagues in london look very traditionel ... and slightly boring". Como isso é possível? Os génios geralmente são internados em hospícios, quiçá no Hospital de São Nietschze? Terá andado às voltas este tempo todo? A crítica aplaudirá. Agora que penso nisso, não. Aliás não terá sido em vão, que não existe ponta de pêlo na coleção. Tirando o dos cabelos molhados dos modelos. As ordens eram expressas, não era permitido nem comer, nem fotografar nem vadiar perto da coleção. Exigências válidas para um percalço ridículo, que seria danoso, caso algo subitamente se desfizesse, ou se sujasse. Acho que a Miuccia vai precisar de apoio psiquiátrico depois desta caótica golpada.

Imagens do desfile via NOWFASHION

Sem comentários:

Enviar um comentário