PONTO POR PONTO



O coliseu é um espaço enigmático para concertos aliás já vi alguns dos melhores espectáculos nessa sala. As passareles circulares são muito dinâmicas porque permitem uma maior variedade na coreografia/cenografia do desfile bem como brincar com a disposição das manequins no espaço. Mas os assentos devem corresponder em comodidade aos mesmos requisitos e não serem circulares e todos à mesma altura, ou se opta por uma espécie de anfiteatro ou só as primeiras filas conseguem ver alguma coisa de jeito. Para mim os melhores desfiles a seguir aos megalómanos da Chanel, são os mais intimistas, aqueles que se consegue avaliar cada detalhe das peças, perceber quando as luzes se desligam à medida que a última manequim regressa aos bastidores.
Tudo começou muito escuro e frio, uma invernia no estio, até que surgiram flores e cores pastel na coleção de Anabela Baldaque e tudo fez um pouco mais de sentido.
As banda sonoras são o meu tendão de Aquiles, eu basicamente conheço todas as dos principais desfiles internacionais, por isso não foi difícil de reconhecer a do da Victoria Beckham FW15/16 no desfile de Pedro Pedro. Ou os Rammstein em Júlio Torcato. Requintes musicais.


Por falar em Pedro Pedro as clutches felpudas e os mules cravejados de pedrarias deram um toque requintado aos vestidos camiseiros e aos pijamas de seda com aberturas. O jogo de proporções vai muito ao encontro da estética advogada internacionalmente, estava graciosa a coleção.
Júlio Torcato apresentou peças casuais leves em tons escuros e numa estreia vestidos esvoaçantes para senhoras.
Anabela Baldaque misturou tons adocicados com folhos e padrões, nota para as argolas gigantes no cabelo com um lenço pendurado. De resto bijutaria e acessórios extra largos têm sido uma constante nas coleções para a próxima estação. O look final uma subtil remiscência ao que a Lindsey Wixson usou outrora na alta costura de Chanel. Depois do terceiro desfile fiquei tão cansado que não quis esperar mais dei corda aos sapatos e vim até casa. Para lá deixo um "olá" a gravata propositadamente desapertada e a pose triste ou desconfiada da Elsa e da Fátima.

Camisa ZARA Calçado FLY LONDON Gravata H&M

Sem comentários:

Enviar um comentário