ALL THAT BERRIES






Camisola "Je T'Aime" Gorro FOREVER21 Luvas sem-dedos Meias ALAN RUST

Quem diria que a publicação número 666, fosse inexplicavelmente com peças da cor do diabo. Com letras sanguinárias numa ode orgulhosa a Paris, a cidade grandiosa de som e brilho que eu amo, que todos amam. Nada a derreterá, nem o medo lhe assomará, ela é o epicentro do Mundo. E eu sinto que lhe devia um refrão de coragem, um verso eloquente que atravessasse as suas avenidas, e regressasse a mim para se incrustar para sempre no meu peito. Framboesa, cereja, que fruto avermelhado seja, certamente antioxidante, depurando o organismo, acalentando o cinzentismo. O acréscimo de gorros/chapéus face ao declínio exorbitante dos óculos. As premissas irredutíveis da tua insignificância, as palavras que até escapam a tudo.

Sem comentários:

Enviar um comentário