!NSPIRAÇÃO:SETEMBRO


Como por pura infantilidade desejar pegar na mochila e voltar à escola. O que seria da vida sem ironia? Sem tonturas, sem tubos enfiados pela garganta abaixo para despistar o refluxo. As folhas não saem, caem suavemente levitando ao sabor do marasmo. Alheias a tudo e a todos. Sem psicose de pose, rápidas no poiso, lentas na decisão do percurso. Setembro tem tudo para ser Janeiro, com o calor de Junho...mas na realidade é só mais um mês taciturno. Entre o desenlace do verão e a derrapagem do frio. O que advirá de tudo isso ainda não foi escrito. 

Sem comentários:

Enviar um comentário