!NSPIRAÇÃO:ABRIL


É imaterial, disperso propenso a um refúgio, a maneira de captar, capturar uma ideia.
Por sombras nunca antes velejadas atravessarei a crítica de fio a pio, e livrando-me do mal, caminharei por atalhos e trilhos e no modo condicional instalarei sem medo todas as possibilidades. Porque na deriva da vida, a vida vira e sem dar conta, todos os traços começam a fazer sentido. O que dissipar, deslindando linha a linha, cada palavra e sempre acreditar.

Sem comentários:

Enviar um comentário