!NSPIRAÇÃO:JUNHO

Círculo viciado. Tudo que é rotina, gira repetidamente. Não há forma de evitar esse circular em voltas na mesma esfera. Como se nada fizesse sentido, tudo fosse uma repetição da repetição da repetição. As mesmas coisas faseadas, acontecem pré-determinadas sempre à mesma hora, na órbita ocular. Até a miopia te enjoa, sabes a quantos eventos vais, a que horas passa determinado autocarro, cronometras ao milímetro a tua existência, dificilmente giras sem um percurso fixo previamente traçado. Estabeleces um domínio imaginário, que te solta das falhas, mas deixa-te num estado ausente no que toca a viver verdadeiramente.

Sem comentários:

Enviar um comentário